Astronium concinnum Schott

Gonçalo, gonçalo-alves, guaribu

Em construção

Árvore inerme, caducifólia, monoica, heliófila, resinífera, até 30 m de altura 60 cm de DAP; folhas, casca e flores odoríferas. Ritidoma cinzento a pardacento, íntegro ou divido e descamante; casca interna róseo-avermelhada. Madeira  dura, castanha ou marrom  Folhas alternas, imparipinadas, com 7-15 folíolos de 5-10 x 2,5-6 cm. Inflorescências paniculadas, terminais, glabras, largas, 15-35cm de comprimento. Flores amareladas, diclamídeas, pentâmeras, actinomorfas, hermafroditas ou unissexuais, 3-5mm de comprimento. Frutos oblongo-elípticos,pardacentos, secos, estreitos, com 10-15mm de comprimento; cálice aderente ao fruto, funcionando como asa. Sementes alvacentas, pouco menores que o fruto.

Tem registros de ocorrência em Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte, mas provavelmente em outros estados brasileiros. Possui distribuição restrita no Cerrado, sendo citada apenas para o centro-leste e o sudeste deste bioma. Habita florestas subcaducifólias e perenifólias

Floresce em julho e agosto e apresenta frutos maduros em setembro e outubro. As flores são frequentadas por insetos, com destaque para himenópteros e predominância de abelhas. Os frutos são dispersos pelo vento.

É propagada por sementes, utilizando-se os frutos inteiros, após a remoção do cálice. A germinação se dá num prazo de ± 20 dias e o crescimento das plântulas é moderado.

Sementes recém-colhidas germinam num prazo de 15-20 dias e apresentam taxas de germinação superiores a 70%.

LITERATURA
SANTIN, D.A. 1989. Revisão taxonômica do gênero Astronium Jacq. e revalidação do gênero Myracrodruon Fr. All. Dissertação (mestrado), Universidade Estadual de Campinas, 187 f.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com