Albizia pedicellaris (DC.) L.Rico

Sinônimo: Pithecellobium pedicellare (DC.) Benth.

Em construção

 

LITERATURA
BARNEBY, R.C. & GRIMES, J.W. 1996. Silk tree, gaunacaste, monkey’s earring: a genéric system for the synandrous Mimosaceae of the Americas. Part I. Abarema, Albizia, and Allies. Memoirs of the New York Botanical Garden, v.74, n.1, p.1-292.
CHAGAS, A.P. & DUTRA, V.F. Albizia in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB82617>. Acesso em: 01 nov. 2020.
FERNANDES, J.M. 2011. Ingeae Benth. (Leguminosae, Mimosoideae) no estado de Minas Gerais, Brasil: taxonomia, morfoanatomia de nectários extraflorais aplicados à evolução, distribuição geográfica, fitogeografia, uso e conservação. Tese (doutorado), Universidade Federal de Viçosa, 298 f.
GARCIA, F.C.P. 2016. Tribo Ingeae. In: WANDERLEY, M.G.L. et al. (coords.). Flora Fanerogâmica do Estado de São Paulo. São Paulo: Instituto de Botânica, p.89-119.
SILVA, A.S.; FERNANDES, J.M. & LOPES, C.R.A.S. 2019. Taxonomia do gênero Albizia (Leguminosae) no estado de Mato Grosso, Brasil. Enciclopédia Biosfera, v.16, n.29, p.1-14.

 

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com