Styrax martii Seub.

Em construção

 

 

 

LITERATURA
ASPRINO, R. & AMORIM, A.M. 2013. Flora da Bahia: Styracaceae.  Sitientibus série Ciências Biológicas, v.13, p.1-9.
CAPISTRANO, T.R. 2012. Flora fanerogâmica do estado de São Paulo: Styracaceae. Dissertação (mestrado), Instituto de Botânica da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, São Paulo, 73 p.
FRITSCH, P.W. 2004. New species and taxonomic changes in Styrax (Styracaceae) from South America. Novon, v.14, p.43-57.
LOEUILLE, B.; FRITSCH, P.W. & PIRANI, J.R. 2008. Flora da Serra do Cipó, Minas Gerais: Styracaceae. Boletim de Botânica da Universidade de São Paulo, v.26, n.2, p.175-182.
ROMÃO, G.O. et al. Styracaceae in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro.Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB21252>. Acesso em: 09 Fev. 2020.
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com