Brosimum gaudichaudii Trécul

Mama-de-cadela, mama-cadela, mamacadela, fruta-de-cera

Em construção

Árvore em cerrado ralo. Nova Roma (GO), 31-12-2012

Superfície do ritidoma, cor da casca interna e látex. Nova Roma (GO), 31-12-2012

Inflorescências. Uberlândia (MG), 03-07-2016

Fruto maduro. Coromandel (MG), 11-12-2014

LITERATURA
ALMEIDA, S.P. et al. 1998. Cerrado: espécies vegetais úteis. Planaltina (DF): EMBRAPA-CPAC, 464 p.
BERG, C.C. 1972. Olmedieae, Brosimeae (Moraceae). Flora Neotropica Monograph, n.7. p.1-229.
BUCHER, J.P. 2000. Aspectos de conservação in vitro e micropropagação de mama-cadela (Brosimum gaudichaudii Tréc., Moraceae). Dissertação (mestrado), Universidade de Brasília, 64 p.
CASTRO, R.M. 2006. Flora da Bahia – Moraceae. Dissertação (mestrado), Universidade Estadual de Feira de Santana, 143 p.
FARIA, R.A.P.G. 2009. Fenologia, distribuição espacial, germinação e produção de mudas de Brosimum gaudichaudii Trécul. (Moraceae). Tese (doutorado),Universidade Federal do Mato Grosso, 132 p.
FARIA, R.A.P.G. et al. 2009. Características biométricas e emergência de plântulas de Brosimum gaudichaudii oriundas de diferentes procedências
do cerrado matogrossense. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.11, n.4, p.414-421.
FIDELIS, I. 1998. Micropropagação de mamacadela (Brosimum gaudichaudii), uma espécie medicinal. Dissertação (mestrado), Universidade Federal de Lavras, 109 p.
JACOMASSI, E.; MOSCHETA, I.S. & MACHADO, S.R. 2007. Morfoanatomia e histoquímica de Brosimum gaudichaudii Tréc. (Moraceae). Acta Botanica Brasilica, v.21, n.3, p.575-597.
LEÃO, A.R. et al. 2005. Avaliação clínica toxicológica preliminar do Viticromin em pacientes com vitiligo. Revista Eletrônica de Farmácia, v.2, n.1, p.15-23.
LORENZI, H. 1998. Árvores Brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa (SP): Editora Plantarum, v.2, 2a ed., p.368.
MARTINS, M.V.M. 1998. Micropropagação de mamacadela (Brosimum gaudichaudii Tréc.) uma espécie medicinal do cerrado. Dissertação (mestrado). Universidade de Brasília, 50 p.
MELO, D.M.P. 2004. Morfologia e anatomia do caule e do sistema subterrâneo de Brosimum gaudichaudii Tréc. (Moraceae). Dissertação (mestrado), Universidade de Brasília, 76 p.
MORAIS, I.C. et al. 2005. Levantamento sobre plantas medicinais comercializadas em Goiânia. Revista Eletrônica de Farmácia, v.2, n.1, p.13-16.
PALHARES, D.; SILVEIRA, C.E.S. 2007. Aspectos morfológicos de plantas jovens de Brosimum gaudichaudii produzidas em condições alternativas de cultivo. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.9, n.1, p.93-96.
PALHARES, D.; PAULA, J.E. & SILVEIRA, C.E.S.2006. Morphology of stem and subterranean systm of Brosimum gaudichaudii (Moraceae). Acta Botanica Hungarica, v.48, n.1-2, p.98-101.
PIMENTA, S.M. & COELHO, M.F.B. 2011. Crescimento de mamica-de-cadela (Brosimum gaudichaudii tréc.) em condições de adubação. Disponível em https://www.ufmt.br/ppgat/images/uploads/Revista/06.pdf. . Acessado em 18-01-2020.
POZETTI, G.L. & BERNARDI, A.C. 1969. Contribuição ao estudo químico de Brosimum gaudichaudii Tréc. Revista da Faculdade de Farmácia e Odontologia de Araraquara, v.3, p.215-223.
POZETTI, G.L. 2005. Brosimum gaudichaudii: da planta ao medicamento. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v.26, n.3, p.159-166.
ROMANIUC NETO, S. et al. 2009. Moraceae. In: CAVALCANTI, T.B. & BATISTA, M.F. (orgs.). Flora do Distrito Federal, Brasil. Brasília: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, v.7, p.199-225.
SALES, D.M. et al. 2002. Germinação de sementes do Brosimum gaudichaudii Trec. submetidas a diferentes pré-tratamentos. Acta Horticulturae, v.569, p.137-40.
SILVA, D.B. et al. 2001. Frutas do Cerrado. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 178 p.
SILVA, D.B. etal. 2011. Propagação vegetativa de Brosimum gaudichaudii Tréc. (mama-cadela) por estacas de raízes. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.13, n.2, p.151-156.
SILVA, D.B. et al. 2016. Brosimum gaudichaudii. Mamacadela. In: VIEIRA, R.F. et al. (eds.). Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial: Plantas para o futuro – Região Centro-Oeste. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, p.707-716.
WETZEL, M.M.V.S. 1997. Época de dispersão e fisiologia de sementes do cerrado. Tese (doutorado), Universidade de Brasília, 168 p.
VIU, A.F.M. et al. 2007. Avaliação do efeito de diferentes substratos sobre a germinação e o crescimento de plântulas de Brosimum gaudichaudii Trec. (mama-cadela). Revista Brasileira de Biociências, v.5 (supl. 2), p.960-962.
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com